quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

BRUNO SILVA VESTE CAMISA DO INTER E DEIXA AMIGOS COLORADOS "LOUCOS"


Nascido perto da fronteira com o Brasil, uruguaio diz que realiza sonho pessoal e também de amigos

No momento em que vestiu a camisa do Inter, Bruno Ramón Silva Barone, 29 anos, olhou para o peito, deixou um sorriso correr pelo rosto e falou:

 Caiu bem.

Caiu bem no lateral-direito a camisa de um clube que sequer é do país dele, mas com o qual ele tem familiaridade desde a infância. Bruno Silva nasceu em Isidoro Noblía, pequena cidade uruguaia que é próxima a Bagé, no Rio Grande do Sul. A vizinhança com o Brasil fez com que o jogador cultivasse, ao longo dos anos, amigos colorados. E eles estão malucos de tanta alegria.

- Nasci na fronteira com o Brasil. Tenho muitos amigos que conhecem o futebol brasileiro. Meu sonho sempre foi jogar aqui. Tenho amigos que são torcedores colorados. Era um sonho meu e da minha família. O Inter é um dos grandes clubes do mundo. (...) Meus amigos estão todos loucos, muito felizes, e vou cumprir o sonho que é meu e deles, da gente que conheço que é torcedora do Inter. Estou muito feliz por vir para cá – afirmou.

Bruno Silva começou a carreira no Danúbio, em 2000. Depois, foi para o Rostov, da Rússia, e retornou ao clube uruguaio. Em 2005, rumou ao Groningen, da Holanda, de onde partiu para o Ajax. Ele chegou ao Beira-Rio cheio de elogios ao novo clube.


- Vi algumas partidas do Inter. Lá (na Holanda), passam muitas partidas do Campeonato Brasileiro. Conheço bastante o grupo, a equipe. Sei que lutou até a última rodada do Brasileiro. É uma equipe que sempre luta para ser campeã.

Bruno Silva chega ao Beira-Rio por empréstimo com um ano de duração. Ele disputará a vaga de titular com Nei, apresentado na segunda-feira.

Fonte: http://www.globoesporte.com/

DEFINIDA TABELA DA LIBERTADORES 2010

Confira todos os jogos do Inter na maior competição do futebol sul-americano:



Grupo 5

1º turno

23/2 (21h50min) - Internacional x Emelec ou Newell's Old Boys, no Beira-Rio
11/3 (23h30min) - Deportivo Quito x Internacional, no Equador
18/3 (19h15min) - Cerro x Internacional, em Montevídéu

2º turno

31/3 (21h50min) - Internacional x Cerro Uruguai, no Beira-Rio
14/4 - Emelec ou Newell's Old Boys x Internacional, na Argentina ou Equador
22/4 (19h30min) - Internacional x Deportivo Quito, no Beira-Rio

Pré-Libertadores

Newell's Old Boys e Emelec se enfrentam nos dias 27 de janeiro e 10 de fevereiro. O primeiro jogo será na Argentina. O jogo de volta será disputado no Equador.

Regulamento

A Libertadores de 2010 terá algumas novidades em relação aos anos anteriores. A principal delas é que apenas 14 times irão se classificar da fase de grupos para as oitavas-de-final. Isto porque a Conmebol já reservou duas vagas nas oitavas para os mexicanos San Luis e Chivas, que em 2009 desistiram de seguir adiante na competição, quando estavam nesta fase devido ao surto de Gripe A no México. Com isso, apenas avançarão às oitavas os campeões de cada um dos oito grupos, além dos seis melhores segundos colocados.

> Confira a tabela completa de jogos

Fonte: http://www.internacional.com.br/

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

FELIZ NATAL! Sport Club Internacional



Inter contrata lateral-direito Nei

Nei começou sua carreira profissional no Bragantino, clube de sua cidade natal, após também ter passado pelas categorias de base do Palmeiras. Após breve passagem no Corinthians, foi atuar pela Ponte Preta, onde teve boas atuações e chegou a figurar entre os melhores na Bola de Prata da revista Placar.

Em 2007, já no Atlético-PR, foi destaque novamente, o que lhe rendeu convocação do técnico Dunga para a Seleção Olímpica, em dezembro. Tornou-se um dos preferidos da torcida pelo seu estilo de garra e dedicação, aliado à capacidade técnica.




Nei foi apresentado oficialmente como o mais novo jogador do Inter

O ano de 2008 acabou não sendo bom para Nei. Em agosto, enfrentando o Ipatinga pelo Brasileirão, sofreu lesão grave no joelho direito e levou 11 meses para retornar aos gramados. Voltando a assumir a titularidade em 2009, Nei provou estar totalmente recuperado e virou um coringa do técnico Antônio Lopes, atuando pelas duas laterais e como líbero.

Agora, no Inter, o jogador espera fazer uma trajetória vitoriosa. “O grupo do Inter é muito bom. Sempre vai disputar títulos. A camisa do Inter pesa muito, tem tradição. Já joguei no Beira-Rio algumas vezes e sei o quanto a torcida é fanática. Venho para brigar por títulos”, disse o novo contratado.

Nei lembrou que o Inter estava interessado em seu futebol mesmo quando ele estava afastado dos gramados recuperando-se de lesão. “Nem estava jogando por causa da lesão e o Inter já demonstrou vontade em me contratar. Desde então coloquei o clube à frente nas negociações. Mas superei totalmente a lesão. Joguei 27 jogos após a recuperação e estou bem”, frisou.

O jogador falou sobre suas características, mas, apesar de ser polivalente, seu objetivo é se firmar na lateral-direita. “Tenho facilidade para marcar, já que minha força me ajuda muito. Já joguei de ala, chegando bem no ataque e finalizando bastante. Por ser um jogador versátil, acabei sendo aproveitado como meia, volante e zagueiro. Mas não gosto de ficar jogando em diversas posições, pois isso acabou em atrapalhando um pouco. Vim para conquistar meu espaço na lateral. Meu objetivo é chegar à Seleção”, declarou Nei.

Ficha técnica

Claudinei Cardoso Félix da Silva
Nascimento: 06/12/1985
Idade: 24 anos
Naturalidade: Bragança Paulista, São Paulo

Carreira

03-05 Bragantino
05-06 Corinthians
06 Ponte Preta
07-09 Atlético PR
10 Internacional

Títulos

Campeão Paranaense 2009

Fonte: http://www.internacional.com.br/

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

3 ANOS DO MUNDIAL FIFA


17 DE DEZEMBRO DE 2006 UMA MANHÃ DE DOMINGO INESQUECÍVEL, SPORT CLUB INTERNACIONAL CAMPEÃO MUNDIAL INTERCLUBES DA FIFA. INTER 1 X 0 BARCELONA GOL DE ADRIANO GABIRÚ.


PARECIA IMPOSSÍVEL, MAS SÓ PARECIA O QUE PARA MUITOS ERA IMPOSSÍVEL PARA TODOS OS COLORADOS TORNOU-SE INESQUECÍVEL, FORAM MINUTOS ANGUSTIANTES APÓS O GOL DO GABIRÚ, MAS VALERAM APENA, APÓS O APITO FINAL DO ÁRBITRO FOI UMA EXPLOSÃO DE ALEGRIA E EMOÇÃO, AS LÁGRIMAS VINHAM AOS OLHOS E EU PARECIA UMA CRIANÇA, ERA REALIDADE APÓS AQUELE MOMENTO EU PODERIA GRITAR BEM ALTO PARA TODO O MUNDO MEU TIME DO CORAÇÃO ERA O CAMPEÃO DO MUNDO, E SERÁ ETERNAMENTE, OBRIGADO MEU INTER E PARABÉNS A TODOS NÓS COLORADOS OS VERDADEIROS CAMPEÕES DO MUNDO NOS PAMPAS E EM TODO O PLANETA BOLA.

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

JORGE FOSSATI É APRESENTADO NO BEIRA-RIO


Fossati chegou ao Beira-Rio por volta das 11h da manhã. Após uma breve reunião com os dirigentes colorados, o treinador dirigiu-se para a coletiva acompanhado pelo preparador físico Alejandro Valenzuela. Fossati demonstrou serenidade e disposição para responder a todas as perguntas dos repórteres. Em seu primeiro dia na nova casa, ele deixou claro que está diante de um dos maiores desafios da carreira. É a primeira vez que o ex-goleiro comanda um clube brasileiro. E um clube que, para ele, é um dos maiores do mundo.


"A primeira coisa que gostei no interesse do Inter foi que reconheço no clube um dos grandes do Brasil. Se a gente fala um grande do Brasil, fala um grande do mundo. Ter o privilégio de dirigir um dos maiores clubes do mundo é um grande desafio, uma grande responsabilidade, uma grande honra . Confira alguns trechos da entrevista.

ENQUETE: Você aprova ou não a contratação de Fossati?

Novo desafio

“É uma alegria começar esta nova etapa na minha carreira. Fico muito agradecido por esta oportunidade. Agradeço a confiança depositada pela diretoria do Inter. Podem ter a certeza que faremos tudo o que pudermos para manter o Inter no caminho da grandeza. Tomara que 2010 seja um ano cheio de conquistas".

O acerto

“Tive uma reunião com o presidente Vitorio Piffero e com o Fernando Carvalho (vice de futebol) no Uruguai. A minha vontade de assumir o Inter aumentou ainda mais após este encontro. A maneira como os dirigentes olham para o futuro me motivou. Isso foi definitivo para minha vinda. Eu tinha uma proposta da Seleção do Equador, por isso pedi 48 horas para decidir esta situação".

Libertadores

”O Inter já sabe como ganhar uma Libertadores. O Inter já conhece o caminho, e com certeza pensa da mesma maneira do que eu. Para ganhar este título, é preciso primeiro ter unidade, As diferentes partes do Clube devem olhar para o mesmo destino. Todos devem ter a mesma vontade de chegar lá. Se conseguirmos que todos tenha a mesma vontade de vencer, estaremos mais perto do sucesso. O Inter tem uma torcida maravilhosa e tudo para fazer uma grande Libertadores".

Primeiro passo

“A primeira coisa que a gente faz é estudar as qualidades do grupo. Depois, conversamos com a diretoria sobre possíveis contratações. Mas por enquanto não sugeri nenhuma contratação, isso será mais para a frente, quando eu tiver um conhecimento mais profundo do Inter”.

Sistema tático

“Tenho uma ideia que vou tentar passar para os jogadores. O sistema tático ainda não tenho. Tem um sistema que acredito um pouco mais, mas se for preciso mudar, não tem problema nenhum. É preciso adaptar o sistema às qualidades dos jogadores. A qualidade do grupo nos possibilita distribuir de diferentes formas os jogadores em campo. O importante é a estratégia que vamos ter jogo a jogo".

A força da coletividade

"O time é a estrela. É ele que vai fazer brilhar os destaques individuais. Quem não joga pelo time não tem vez comigo".

Extra-campo

“É importante saber sobre a vida pessoal do jogador que desejar falar. Podemos sugerir coisas para ajudar eles. Se o jogador está bem na vida, está bem no campo. Mas isso vamos vendo aos poucos, não é algo que se impõe. A medida que olharmos neles a disposição para falar, procuraremos ajudá-los. Eles têm a obrigação de dar de tudo para fazer as coisas bem. O time está acima de qualquer coisa".

Preparação física

"Trabalho há muitos anos com o Alejandro Valenzuela . Consideramos que tudo tem que estar inserido em um mesmo treinamento, a parte física e psicológica. Ele sabe exatamente o que quero. Priorizo este trabalho em conjunto. Não vou desaproveitar nenhum tipo de ajuda. É possível escutar qualquer um dos profissionais que já trabalhe no Inter".

Metas

"Temos que chegar no final de janeiro com entrosamento total, para estrear bem nos jogos oficiais. Eu retorno nesta segunda para Montevidéu. Preciso descansar para recarregar baterias para se apresentar bem no dia 4 de janeiro. Realizaremos exames médicos nos dias 4 e 5 para os jogadores e no dia 6 começa a preparação".

Adaptação

"Já morei no Brasil durante quatro anos e fui muito feliz. Agora quero aproveitar esta nova oportunidade. Vai ser normal morar em Porto Algre, pois é uma cidade que tem muitas semelhanças com Montevidéu".

CARREIRA

O comandante do Inter rumo ao bi da Copa Libertadores da América será o uruguaio Jorge Fossati, 57 anos, que treinou a LDU em 2009. Atual campeão da Recopa e da Copa Sul-Americana pela equipe equatoriana, Fossati chega ao Beira-Rio com um currículo vencedor e uma vasta experiência internacional.

Há 16 na carreira de treinador, seu primeiro time foi o River Plate, de Montevidéu, em 1993. Depois, passou por Peñarol (Uruguai) e Cerro Porteño (Paraguai), times pelos quais conquistou títulos nacionais. Fossati também treinou o Danúbio (Uruguai) e o Colón (Argentina) antes de assumir pela primeira vez a LDU, do Equador, em 2003, quando foi campeão nacional. No ano seguinte, treinou a seleção do Uruguai, o Al-Sadd, do Qatar, e posteriormente a seleção do Qatar. De volta à LDU, no começo de 2009, levou o time de Quito às conquistas da Recopa Sul-Americana - justamente sobre o Inter - e da Copa Sul-Americana, após vencer o Fluminense na final.

Nascido em Montevidéu, Jorge Daniel Fossati Lurachi foi goleiro por 20 anos, com passagens pela seleção nacional e Avaí e Coritiba, no Brasil. Entre seus treinadores neste período, estiveram Paulo César Carpeggiani e Luiz Felipe Scolari.

Além das conquistas sul-americanas, já foi campeão uruguaio em 96, paraguaio em 97, equatoriano em 2003 e da Liga do Catar em 2007. Fossati assinou contrato até o final de 2010 com o Internacional e trará sua comissão técnica que já o acompanha há sete anos: o preparador físico Alejandro Valenzuela e os auxiliares Juan Jacinto Rodríguez e Leonardo Martins.

Títulos como técnico:

Campeonato Uruguaio - Peñarol (1996)
Campeonato Paraguaio - Cerro Porteño (1997)
Campeonato Equatoriano - LDU (2003)
Liga do Qatar - Al-Sadd (2007)
Recopa Sul-Americana - LDU (2009)
Copa Sul-Americana - LDU (2009)

Fonte: http://www.scinternacional.net/

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

INTER ANUNCIA JORGE FOSSATI COM NOVO TREINADOR


O comandante do Inter rumo ao bi da Copa Libertadores da América será o uruguaio Jorge Fossati, 57 anos, que treinou a LDU em 2009. Atual campeão da Recopa e da Copa Sul-Americana pela equipe equatoriana, Fossati chega ao Beira-Rio com um currículo vencedor e uma vasta experiência internacional.


Há 16 na carreira de treinador, seu primeiro time foi o River Plate, de Montevidéu, em 1993. Depois, passou por Peñarol (Uruguai) e Cerro Porteño (Paraguai), times pelos quais conquistou títulos nacionais. Fossati também treinou o Danúbio (Uruguai) e o Colón (Argentina) antes de assumir pela primeira vez a LDU, do Equador, em 2003, quando foi campeão nacional. No ano seguinte, treinou a seleção do Uruguai, o Al-Sadd, do Qatar, e posteriormente a seleção do Qatar. De volta à LDU, no começo de 2009, levou o time de Quito às conquistas da Recopa Sul-Americana - justamente sobre o Inter - e da Copa Sul-Americana, após vencer o Fluminense na final.

ENQUETE: Você aprova ou não a contratação de Fossati?

Nascido em Montevidéu, Jorge Daniel Fossati Lurachi foi goleiro por 20 anos, com passagens pela seleção nacional e Avaí e Coritiba, no Brasil. Entre seus treinadores neste período, estiveram Paulo César Carpeggiani e Luiz Felipe Scolari.

Além das conquistas sul-americanas, já foi campeão uruguaio em 96, paraguaio em 97, equatoriano em 2003 e da Liga do Catar em 2007. Fossati assinou contrato até o final de 2010 com o Internacional e trará sua comissão técnica que já o acompanha há sete anos: o preparador físico Alejandro Valenzuela e os auxiliares Juan Jacinto Rodríguez e Leonardo Martins.

Títulos como técnico:

Campeonato Uruguaio - Peñarol (1996)
Campeonato Paraguaio - Cerro Porteño (1997)
Campeonato Equatoriano - LDU (2003)
Liga do Qatar - Al-Sadd (2007)
Recopa Sul-Americana - LDU (2009)
Copa Sul-Americana - LDU (2009)

Fonte: http://www.scinternacional.net/

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

PESQUISA: 12 TAÇAS EM OITO ANOS



Troféu no armário virou rotina no Clube desde 2002

A conquista de títulos tornou-se uma constante no Beira-Rio. Desde 2002, o Internacional conquista pelo menos uma taça por ano; é o único clube brasileiro que desfruta desta façanha que inclui cobiçadas conquistas internacionais. Foram seis campeonatos gaúchos, uma Copa Suruga Bank, uma Dubai Cup, uma Copa Sul-Americana, uma Recopa, uma Copa Libertadores da América e um Mundial de Clubes neste período de oito anos. No Brasil, o Vitória, da Bahia, também goza deste feito, mas somente de títulos regionais. A equipe baiana foi campeã estadual dez vezes e da extinta Copa do Nordeste.

Em 2002, o grupo de dirigentes liderados por Fernando Carvalho e Vitorio Piffero assumia o comando do Inter. De lá para cá, quando Carvalho foi presidente até final de 2006, enquanto Piffero, desde 2007, é o atual presidente do Clube, foram conquistados 12 títulos. No mundo, nos principais campeonatos pesquisados, apenas Barcelona, da Espanha, e CSKA Moscou, da Rússia, levantam taças todos os anos desde 2002.

> Lista dos títulos de alguns clubes brasileiros desde 2002

São Paulo
- Mundial (2005)
- Libertadores (2005)
- Campeonato Brasileiro (2006, 2007 e 2008)
- Campeonato Paulista (2005)
- Supercampeonato Paulista (2003)

Cruzeiro
- Campeonato Brasileiro (2003)
- Campeonato Mineiro (2003, 2004, 2006, 2008 e 2009)
- Copa do Brasil (2003)
- Copa Sul-Minas (2002)
- Supercampeonato Mineiro (2002)

Corinthians
- Campeonato Brasileiro (2005)
- Copa do Brasil (2002 e 2009)
- Torneio Rio-São Paulo (2002)
- Campeonato Paulista (2003 e 2009)

Flamengo
- Copa do Brasil (2006)
- Campeonato Carioca (2004, 2007, 2008 e 2009)
- Campeonato Brasileiro (2009)

Vitória
- Copa do Nordeste (2003)
- Campeonato Baiano (2002, 2003, 2004, 2005, 2007, 2008 e 2009)
- Taça Estado da Bahia (2004, 2005 e 2006)

Grêmio
- Campeonato Gaúcho (2006 e 2007)

> Lista dos títulos de alguns clubes estrangeiros desde 2002

Real Madrid
- Mundial (2002)
- Liga dos Campeões (2001-02)
- Supercopa Europeia (2002)
- Campeonato Espanhol (2002-03, 2006-07 e 2007-08)
- Supercopa da Espanha (2003 e 2008)

Manchester United
- Mundial (2008)
- Liga dos Campeões (2007-2008)
- Campeonato Inglês (2002, 2003, 2006, 2007, 2008)
- Copa da Inglaterra (2004)
- Copa da Liga Inglesa (2006 e 2009)
- Supercopa da Inglaterra (2003, 2007 e 2008)

Chelsea
- Campeonato Inglês (2004-05 e 2005-06)
- Copa da Inglaterra (2006-07 e 2008-09)
- Copa da Liga Inglesa (2005 e 2007)
- Supercopa da Inglaterra (2005 e 2009)

Internazionale
- Campeonato Italiano (2005-06, 2006-07, 2007-08, 2008-09)
- Copa da Itália (2004-05 e 2005-06)
- Supercopa da Itália (2005, 2006 e 2008)

Boca Juniors
- Mundial (2003)
- Libertadores (2003 e 2007)
- Copa Sul-Americana (2004 e 2005)
- Recopa Sul-Americana (2005, 2006 e 2008)
- Campeonato Argentino (2003, 2005, 2006 e 2008)

LDU
- Campeão Equatoriano (2003, 2005 e 2007)
- Libertadores (2008)
- Recopa (2009)
- Copa Sul-Americana (2009)

Pachuca
- Copa Sul-Americana (2006)
- Copa dos Campeões da Concacaf (2002, 2007 e 2008)
- Superliga (2007)
- Campeonato Mexicano (2003, 2006 e 2007)

Fonte: http://www.internacional.com.br/

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

INTER GOLEIA SANTO ANDRÉ E CONFIRMA VAGA NA LIBERTADORES


O clube brasileiro que mais títulos internacionais conquistou na década (Libertadores, Mundial, Recopa, Sul-Americana e Suruga pela Conmebol, mais a Copa Dubai contra a Inter de Milão) está novamente na Libertadores de 2010. O colorado gaúcho goleou o Santo André no Beira-Rio por 4 a 1, e ficou com o 2º lugar no Brasileirão 2009.


Realizando uma das melhores partidas pelo torneio, o alvi-rubro não deu chances ao time paulista, foi para cima e amassou o Santo André em seu campo desde o início do jogo. Muitos foram os destaques: Lauro foi seguro na defesa, D'Alessandro, Sandro e Andrezinho foram o motorzinho do meio de campo e Alecsandro foi o matador ao lado de Taison no ataque.

Na libertadores, o Inter está no Grupo 5 que já tem dois adversários conhecidos: o Cerro, do Uruguai, e o Deportivo Quito, do Equador. O outro adversário sairá do enfrentamento entre um time argentino e um outro equatoriano que ainda serão definidos. Colón, Banfield, Newell's Old Boys e Lanús são os argentinos que brigam pela vaga na Pré-Libertadores. LDU e Emelec são os equatorianos com possibilidades de conseguir a classificação à fase preliminar.


Inter 4 x 1 Santo André


INTER: Lauro; Danilo Silva, Índio, Bolívar e Kléber (Talles Cunha); Sandro, Andrezinho (Fabiano Eller), Giuliano e D'Alessandro; Taison e Alecsandro (Marquinhos).
Técnico: Mário Sérgio

SANTO ANDRÉ: Neneca (Júlio César); Rômulo, Marcel, Vinícius Orlando e Arthur; Ricardo Conceição, Júnior Dutra, Camilo (Fernando) e Marcelinho Carioca (Rodriguinho); Wanderley e Nunes.
Técnico: Sérgio Soares

Gols:
Inter – Alecsandro (22min/1ºT); Índio (34min/1ºT); Andrezinho (23min/2ºT); Giuliano (38min/2ºT)
Santo André – Nunes (41min/2ºT)
Cartões amarelos:
Inter - Talles Cunha
Santo André – Júnior Dutra, Nunes, Vinícius Orlando
Público total: 36.597
Renda: R$ 581.785,00

Fonte: http://www.scinternacional.net/

sábado, 5 de dezembro de 2009

INTER ENCARA O SANTO ANDRÉ NO ÚLTIMO JOGO DO ANO DO CENTENÁRIO


A temporada 2009 chega ao final após uma maratona de 75 jogos disputados até agora. No ano do seu Centenário, o Inter venceu 44, empatou 14 e foi derrotado 17 vezes. O ataque foi o mais eficiente do planeta. Ninguém marcou mais gols do que o time colorado dentro todas equipes do mundo: são 152 até o momento. O aproveitamento é de 64,88%.


Nada melhor do que encerrar o ano diante da torcida no Beira-Rio com chances de conquistar o título brasileiro. Para tanto, o time do técnico Mário Sérgio precisa vencer e torcer por um tropeço do líder Flamengo (64 pontos) diante do Grêmio, no Maracanã. Um empate serviria, já que o Inter - vice-líder, com 62 pontos - superaria o time da Gávea no número de vitórias. Se o título não for possível, os três pontos garantirão o segundo lugar na tabela e a vaga direta na Copa Libertadores da América.

A mobilização durante a semana de preparação para a partida foi grande. Os jogadores estão totalmente concentrados somente no adversário do ABC Paulista. A ordem é esquecer o resultado paralelo na capital carioca, já que a missão em busca da 19ª vitória no Brasileirão é importante por si só. A concentração no hotel foi inclusive antecipada para sexta-feira, logo após o término do treino. "É um questão de honra vencer este jogo. É importante para o time e para os torcedores acabar o campeonato com uma vitória, independente do que venha a ocorrer no Maracanã", avalia o técnico Mário Sérgio.

O Inter terá dois desfalques, um em campo e outro no banco de reservas. Guiñazu, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, não poderá atuar. Glaydson, reserva imediato do capitão colorado, também está fora por suspensão. Andrezinho e Fabiano Eller aparecem como opções para o técnico Mário Sérgio montar o time para o último desafio do ano. "São duas opções conhecidas. O time está preparado para jogar em qualquer uma delas", observou Mário Sérgio. O treinador quer o time atuando com inteligência e sem afobação. "Vamos explorar o contra-ataque, pois o Santo André jogará no desespero. Na teoria, eles vão buscar a vitória de forma mais intensa do que a gente. Podemos nos dar o luxo de esperar pelo melhor momento de atacar", projeta. No primeiro turno, o Inter venceu por 2 a 0 em Santo André.

Confira os relacionados: Lauro, Michel Alves, Danilo, Daniel e Kléber, Bolívar, Fabiano Eller e Índio, Sandro, Andrezinho, Giuliano e D'Alessandro, Alan Kardec, Edu, Alecsandro, Marquinhos, Taison e Talles Cunha.

Fonte: http://www.internacional.com.br/

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

INTER 2 X 1 SPORT, EU FUI!!!



MEU FILHO FÁBIO LUCAS E EU NO ESTÁDIO


MEU FILHO FÁBIO LUCAS  EM FRENTE AO HOTEL ONDE A DELEGAÇÃO COLORADA SE HOSPEDOU


ENTRADA DO INTER EM CAMPO




TORCIDA COLORADA NA ILHA DO RETIRO



A FESTA NO FINAL DO JOGO COM A VAGA PARA LIBERTADORES CONQUISTADA!

"OLHA EU COM A BANDEIRA DO INTER ABAIXO DO CARA COM A CAMISA DO PAYSANDU E MEU FILHO DO LADO DIREITO DA FAIXA DOS NOSSOS AMIGOS COLORADOS DE MACEIÓ."

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

INTER ESTÁ NA LIBERTADORES 2010, E CONTINUA NA BRIGA PELO TÍTULO


ESTAMOS NA LIBERTADORES EM 2010! Em partida dramático o Colorado venceu de virada o Sport em Recife por 2 a 1, e com a vitória, o alvi-rubro garantiu a vaga na Libertadores de 2010 e mantém as chances de título. Kleber fez o primeiro gol de empate e Andrezinho mais uma vez foi o herói em uma sensacional cobrança de falta.


Agora, o Inter tem 62 pontos no campeonato. O Flamengo, com a vitória sobre o Corinthians, tem 64 e joga diante do Grêmio dependendo de uma vitória simples para ser campeão. O São Paulo, que perdeu para o Goiás, ficou nos 62.

Os volantes Guiñazu e Glaydon receberam o terceiro cartão amarelo e desfalcam o time contra o Santo André, na última rodada do Campeonato Brasileiro.

Não foi uma partida brilhante, mas foi a primeira virada do colorado no Brasileirão 2009,e na hora certa. A defesa Interista deu muitos espaços ao time pernambucano, que deu trabalho a Lauro boa parte do jogo.

Sport 1 x 2 Internacional

Sport: Magrão; Igor, César e Durval; Freire, Zé Antônio, Fabiano Costa (Isael), Fininho (Igor César) e Dutra; Wilson e Vandinho (Eduardo Silva)
Técnico: Levi Gomes

Internacional: Lauro; Danilo Silva (Glaydson) , Índio, Bolívar e Kléber; Sandro, Guiñazu, Giuliano e D'Alessandro (Andrezinho); Marquinhos (Edu) e Alecsandro.
Técnico: Mário Sérgio

Gols: Sport: Vandinho (40min/1ºT) Internacional: Kléber (22min/2ºT) e Andrezinho (38min/2ºT)
Cartão amarelo: Sport: Zé Antônio Internacional: Sandro, Guiñazu (3º) e Glaydson (3º)

Fonte: http://www.scinternacional.net/

sábado, 28 de novembro de 2009

DO JEITO QUE EU IMAGINAVA!



Penúltima rodada do Brasileirão 2009, o INTER jogando aqui em Pernambuco na capital Recife à cerca de 230 km de distância da minha cidade Garanhuns que fica no agreste do estado, com chances de poder carimbar o Passaporte Colorado para Libertadores 2010 com uma vitória simples sobre o lanterna e já rebaixado Sport e ainda por cima cheio de desfalques, domingo ás 16:00 hs (horário local) na ilha do Retiro e ainda deixar vivo o sonho do Tetra para ser decidido na última rodada aí no Gigante contra o Santo André, na torcida que São Paulo e Flamengo possam tropeçar também nesse domingo contra Goiás e Corinthians respectivamente, e com isso as chances Coloradas possam aumentar ainda mais nesse sonho de poder soltar o Grito de É Campeão!!! Brasileiro... que está intalado na garganta do torcedor Campeão de Tudo desde o ano do meu nascimento 1979, ano do inédito Tri Invicto, mesmo sabendo que em 2005 nos tiraram esse direito na marra...
Eu estarei lá na capital com meu filho Fábio Lucas para darmos nosso apoio e incentivo ao grupo Colorado nesse jogo que tornou-se uma verdadeira decisão no ano do nosso centenário.

APOIO NO RECIFE, VEJAM ABAIXO AS PALAVRAS DO CÕNSUL COLORADO NO RECIFE ANTES DA CHEGADA DA DELEGAÇÃO COLORADA À CAPITAL PERNAMBUCANA:

"Prezados Colorados: A Torcida Colorada de RECIFE sempre prestigia a delegação colorada no aeroporto. Informo que este ano o INTER está com 100% de aproveitamento em RECIFE com duas vitórias!! A Delegação colorada com força máxima irá chegar próximo da meia-noite. Esse é um horário um tanto desconfortável para quem tem criança , mas estaremos convocando todos os colorados a irem com bandeira , camisa , etc, pois é importante a equipe sentir o calor e a força da torcida desde o aeroporto!!! Estarei confirmando horário do vôo , hotel de hospedagem e treinos ainda hoje e informo para todos!!! Estou disponível para auxiliar os colorados que com muita honra virão de outros rincões e nos ajudarão nesse jogo fundamental para a LIBERTADORES e para o possível TETRA!!! Saudações Coloradas"

Fabiano Pires Morais Consul Inter Recife 81-88510052

" A PAIXÃO COLORADA NÃO CONHECE DISTÂNCIA"
Luciano Emiliano

O SONHO EM UM JOGO: INTER VISITA SPORT PARA SER LÍDER NA HORA H

Vitória sobre o lanterna, combinada com tropeços de São Paulo e Flamengo, deixará o Colorado com a mão na taça do Nacional



Wilson e Alecsandro duelam no Recife

Ao conquistar a América depois de tanta espera, ao ver a vitória sobre um Barcelona quase mitológico no Japão, ao presenciar o fortalecimento de um clube que parecia fadado a tempos cada vez mais complicados, a torcida do Inter aprendeu que sonhar não custa nada. E a hora é de sonhar alto.

Neste domingo, às 17h (de Brasília), o Colorado vai a campo na Ilha do Retiro, contra o Sport, para ter o direito de seguir sonhando com um título que teima em escapar há 30 anos. Uma vitória sobre o Leão, já rebaixado, em clima depressivo de fim de festa, pode devolver aos gaúchos a liderança do Brasileirão na hora H.

E ser líder agora significa colocar uma mão e quatro dedos da outra na taça de campeão. Bastará vencer o Santo André na última rodada, no Beira-Rio, para levantar o troféu. O problema é que a construção desse cenário não depende só do Inter. O Colorado, para ser líder, conta com uma derrota do São Paulo para o Goiás no Serra Dourada e com no máximo um empate do Flamengo diante do Corinthians. Caso contrário, a taça rumará para o colo dos concorrentes.

O prêmio de consolação está em vaga na Libertadores. Uma vitória já garante o Inter lá. O time gaúcho é o terceiro colocado, com 59 pontos. Ao Sport, com a equipe desmantelada, o jogo é mera formalidade, apenas mais um episódio em um ano que prometia alegrias e termina com decepções. O Leão está condenado à lanterna. Com 31 pontos, não tem como alcançar o penúltimo.

O GLOBOESPORTE.COM acompanha todos os detalhes da partida em Tempo Real, com vídeos. A RBS TV mostra ao vivo para o Rio Grande do Sul. O Premiere, pelo sistema pay-per-view, exibe para todo o país.

Leão se despede da torcida

Rebaixado para a Segunda Divisão, o Sport busca motivação para os dois últimos jogos do Brasileiro. Como vai enfrentar o São Paulo, fora de casa, na última rodada, o duelo com o Colorado será o último do Leão na Ilha do Retiro em 2009.

Neste domingo, a equipe deverá ter cinco mudanças com relação ao time que perdeu para o Fluminense. O capitão Durval e o goleiro Magrão retornam. Os dois estavam suspensos. O zagueiro Juliano será a novidade na lateral direita, pois o titular Moacir foi expulso, e o reserva Élder Granja está machucado. No meio, Fininho tem chances de ser titular.

Um Inter para memorizar

Aquela velha ideia de ter um time titular definido, que o torcedor saiba escalar do primeiro ao último jogador, começa a ganhar forma no Inter. A equipe, depois de um ciclo de mudanças que parecia sem fim, será repetida pela terceira vez seguida. A escalação já pode ser memorizada. O técnico Mário Sérgio argumenta que são os mesmos jogadores, mas que a formação muda a cada jogo. Os atletas comemoram a sequência.

O Inter vai para o jogo com o elenco inteiro à disposição, algo que não acontece com São Paulo e Flamengo. Não há, no time vermelho, problemas de suspensão ou lesão. Pode ser uma vantagem.

- Temos que estar felizes por o grupo aqui estar bem, estar treinando forte, com saúde. Não temos que nos preocupar com os outros – disse o capitão Guiñazu.

O elenco colorado confia no título, aposta em vitória sobre o Sport e vê como forte a possibilidade de os concorrentes tropeçarem. A ideia é ser líder já.

- Se formos líderes um jogo antes, fica muito bom, porque isso cria todo um clima de decisão. Aí chegaremos no último jogo precisando só ganhar. Vai ser essencial (assumir a liderança agora). Quem for líder na penúltima rodada, vai ser campeão – afirmou o volante Sandro.

Fonte: http://www.globoesporte.com/

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

COM CARA DE SONO, ELENCO COLORADO CHEGA AO RECIFE E RECEBE CARINHO DA TORCIDA

Após 8 horas de viagem, Inter desembarca na cidade onde pode assumir a liderança do Brasileiro no domingo. Manhã desta sexta será de sono para o grupo
Foram oito longas horas de viagem até o Inter colocar os pés na cidade onde espera assumir a liderança do Campeonato Brasileiro e dar passo decisivo para o título nacional. No início da madrugada desta sexta-feira, pelo horário de Brasília (às 23h40m, na hora local), a delegação colorada desembarcou no Recife. O voo atrasou uma hora, mas os jogadores foram bem recebidos pelos torcedores presentes.


Poucos colorados marcaram presença no aeroporto – curiosamente um gremista, com camisa tricolor e tudo, esteve lá. O horário atrapalhou. Mesmo assim, os cerca de dez torcedores que foram ao local deram aos atletas a demonstração de que eles não estarão sozinhos na partida contra o Sport, domingo, na Ilha do Retiro.

 Os colorados passaram mensagens de incentivo ao elenco, que respondeu com fotos e autógrafos, apesar do cansaço. A cara de sono dos jogadores denunciava o peso da viagem. Guiñazu, sempre solícito, ainda teve ânimo para brincar com os fãs, chamando todos de “ídolos”, como costuma fazer.

Depois de desembarcar no Recife, o elenco entrou em um ônibus e rumou para o hotel, onde os atletas jantariam e logo iriam dormir. Em função do desgaste, a sexta-feira será de absoluto repouso para os jogadores. Eles podem ficar na cama até o meio-dia, caso queiram. À tarde, ocorre treinamento no CT do Santa Cruz.

Se vencer o Sport no domingo, o Inter pode colocar a mão na taça. Será líder se o São Paulo perder para o Goiás e se o Flamengo no máximo empatar com o Corinthians. Os concorrentes também jogam fora de casa.

Fonte: GLOBOESPORTE.COM

terça-feira, 24 de novembro de 2009

VALEU INTER, ESTAREMOS CONTIGO!!!


MINHA CAMISA VERMELHA


Inter, estaremos contigo.

Tu és minha paixão.

Não importa o que digam

Sempre levarei comigo:

Minha camisa vermelha
e a cachaça na mão!
Pernambuco te espera
para começar a festa!

xalaialaiaa ...
xalaialaiaa ...
xalaialaiaa ...

VOCÊ ME DEIXA DOIDÃO.

xalaialaiaa ...
xalaialaiaa ...
xalaialaiaa ...

INTER DO MEU CORAÇÃO.

Fonte: Guarda Popular

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

ESSE É O INTER! COM MUITA GARRA COLORADO CALA O MINEIRÃO


O alvi-rubro foi o time guerreiro que a torcida colorada gosta de ver: jogadores concentrados e determinados taticamente aliado a uma defesa firme, o time colorado foi ao Mineirão com mais de 40 mi pessoas e venceu o Atlético-MG por 1 a 0, gol de Giuliano em bela jogada de Alecsandro. Com o resultado o Inter sobe para a 3° colocação, fica a 3 pontos do líder São Paulo, restando ainda 2º rodadas.


A equipe de Mário Sérgio foi típica italiana, duas linhas de quatro defensivas o time jogou sempre no erro do Galo e apostou nos contra-ataques. Guinãzu e Kléber foram alguns dos vários destaques colorados na partida.

Com a vitória, o Inter chegou a 59 pontos e manteve-se na zona de classificação à Taça Libertadores. Na próxima rodada, o time gaúcho vai visitar o rebaixado Sport, domingo, na Ilha do Retiro.

Atlético-MG 0 x 1 Inter

Árbitro: Cleber Welington Abade (SP)
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho (Fifa/SP) e Vicente Romano Neto (SP)
Cartões amarelos: Atlético-MG – Carlos Alberto e Márcio Araújo
Inter – Danilo Silva, Lauro, Kléber, Glaydson e Guiñazu
Gol: Inter - Giuliano (15min/1°T)

ATLÉTICO-MG: Carini; Carlos Alberto (Evandro), Welton Felipe (Alex Bruno), Werley e Thiago Feltri; Márcio Araújo, Jonílson, Correa e Ricardinho; Eder Luís (Alessandro) e Diego Tardelli.
Técnico: Celso Roth

INTER: Lauro; Danilo Silva, Índio, Bolívar e Kléber; Sandro, Guiñazu, Giuliano e D´Alessandro (Glaydson); Marquinhos (Andrezinho) e Alecsandro (Taison).
Técnico: Mário Sérgio

Fonte: http://www.scinternacional.net/

sábado, 21 de novembro de 2009

INTER EM BH PARA JOGO DECISIVO

A viagem até Belo Horizonte durou pouco mais de quatro horas. A delegação colorada desembarcou na capital mineira por volta das 23h desta sexta-feira após um voo tranquilo que teve escalas em Curitiba e Campinas. Os jogadores tiveram uma calorosa recepção no saguão de desembarque do Aeroporto de Confins, onde um grupo de torcedores entoava os tradicionais cânticos que incentivam o Inter no Beira-Rio. Aos gritos de 'Vamo, vamo, Inter', os atletas posaram para fotos e distribuíram autógrafos.


Colorados marcaram presença na chegada do Inter a Belo Horizonte

Para garantir total concentração e conforto durante a estada em Belo Horizonte, a delegação colorada ficará hospedada nos últimos andares do hotel, permanecendo isolada de qualquer possibilidade de manifestação de torcedores do Atlético-MG. Na tarde deste sábado, o Inter realizará um treino no CT do Cruzeiro, a Toca da Raposa. A atividade será feita com os portões fechados. A imprensa terá acesso aos jogadores somente após o almoço, quando serão permitidas entrevistas no hotel.

O tempo está bom na capital mineira e não há previsão de chuva para a hora do jogo. A temperatura tem ficado próxima aos 30°C durante o dia. O Inter viajou com 18 jogadores para Minas Gerais (veja lista abaixo). O retorno para Porto Alegre será na segunda-feira, com previsão de chegada para as 14h45min.

Lista dos concentrados:

Goleiros: Lauro e Michel Alves
Laterais: Danilo, Kléber e Marcelo Cordeiro
Zagueiros: Índio, Fabiano Eller e Bolívar
Volantes: Guiñazu, Sandro e Glaydson
Meias: Andrezinho, D’Alessandro e Giuliano
Atacantes: Alecsandro, Edu, Marquinhos e Taison

Fonte: http://www.internacional.com.br/

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

INTER AINDA ACREDITA EM TÍTULO

Colorado pode diminuir para três pontos a distância para o líder do Brasileirão


A derrota do Palmeiras para o Grêmio animou o Inter na luta por classificação para a Libertadores. E não só por isso. No Beira-Rio, o discurso ainda é de confiança em título, apesar da atual distância de seis pontos para o líder São Paulo. Para isso, o Colorado busca 100% de aproveitamento nas últimas três rodadas do Campeonato Brasileiro.



- Matematicamente, ainda temos possibilidade de sermos campeões. Enquanto tivermos chances de título, vamos lutar. Assim, fica até mais fácil ir para a Libertadores – disse o zagueiro Bolívar.

A próxima rodada é determinante para o sonho de título do Inter, mencionado pelo técnico Mário Sérgio a cada entrevista. Se vencer o Atlético-MG domingo, em Belo Horizonte, o Colorado pode diminuir para três postos a diferença em relação ao líder. Para isso, também conta com derrota do São Paulo para o Botafogo no Engenhão e com no máximo um empate do Flamengo com o Goiás no Maracanã.

Por outro lado, uma eventual derrota no Mineirão tira o Inter do G-4 e pode jogar a equipe colorada para a sexta colocação, dependendo do resultado do Cruzeiro, que visita o Atlético-PR no sábado. Nas duas últimas rodadas, o Colorado encara o Sport no Recife e recebe o Santo André.

Fonte: http://www.globoesporte.com/

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

INTER VENCE O SANTOS E RETORNA AO G-4 DO BRASILEIRÃO



Danilo, Marquinhos e D'Alessandro garantiram os gols colorados na partida

Se o objetivo no Beira-Rio é o resultado positivo como prioridade, antes de um desempenho de encher os olhos, o Inter atingiu mais que meta neste domingo: venceu o Santos por 3 a 1, em casa, na noite deste domingo, com boa atuação. Parecia que o time de Mário Sérgio se encaminhava para uma vitória tranquila com os dois gols na primeira etapa, com Danilo Silva e Marquinhos, mas a reação santista com o gol de Neymar no segundo tempo deixou o jogo com um placar de "risco" até os minutos finais. Só que aí D'Alessandro resolveu a parada decretando o placar final restando cinco minutos para a partida ser encerrada e fez o Inter subir para 56 pontos.

Protestos antes da partida

Antes da bola rolar, protestos da torcida. A Popular ficou em silêncio até os 15 minutos da etapa inicial, com uma faixa aberta que dizia "Amor à camisa... que saudade!". Outra faixa no Beira-Rio protestava contra "mercenários" no clube, sem especificar se seriam jogadores ou dirigentes.

E com a bola rolando...

No primeiro tempo, meio-campo muito embolado no início do confronto. Antes dos gols, o Santos assustou com uma bola alçada na área colorada. O zagueiro Eli Sabiá raspou de cabeça, assustando Lauro aos 15 minutos. Em seguida o Inter reagiu. Giuliano arrematou de cabeça um cruzamento da direita. O goleiro Felipe espalmou para dentro da área, mas quando Alecsandro ia chegar e conferir, a zaga santista conseguiu evitar. Por sinal, o centroavante ficou no "quase" nesse domingo: mandou três bolas na trave.

Mas foi dele a assistência para o primeiro gol colorado. Alecsandro enfiou na medida uma bola em profundidade para Danilo, que conseguiu alcançar na corrida e bater cruzado, quase caindo, para abrir o marcador aos 26 minutos. Mal deu pra comemorar, e Alecsandro também participava do segundo gol. Ele mandou na trave um cruzamento de Kleber aos 28 minutos. No rebote, confusão dentro da área até Marquinhos meter o pé na bola, dentro da pequena área, e ampliar para 2 a 0.

Apesar das ameaças da equipe de Wanderley Luxemburgo, o Inter era mais efetivo. No segundo tempo, a partida ficou aberta, jogo franco. E a oportunidade mais clara no reinício foi de Alecsandro, de novo. Com o pé direito, o centroavante bateu à queima-roupa. Mérito do goleiro Felipe, que fez a defesa e ainda contou com a ajuda do travessão para que a bola não entrasse aos 2 minutos.

Dominando o jogo, o time de Mário Sérgio arrefeceu em campo. E o Santos foi para cima. Luxemburgo fez duas alterações. Colocou Jean e Felipe Azevedo nas vagas de Madson e Kléber Pereira. E foi e Jean, logo na primeira participação, aos 19 minutos, o passe para Neymar mandar a bola pro gol de Lauro, arrematando um cruzamento rasteiro dentro da área. Com isso, Mário Sérgio sentiu que estava perdendo o meio-campo. Reforçou com Glaydson, sacando Alecsandro – que ainda raspou o travessão cobrando falta próxima à área. Daí o ataque tinha que contar com as chegadas de Marquinhos, auxiliado por Giuliano.

O placar de 2 a 1 era de risco, o Santos não estava morto na partida até os 40 do segundo tempo. Foi aí que D'Alessandro recolheu uma bola dentro da área, girou e bateu de perna direita: 3 a 1.

Agora o Inter se prepara para um confronto direto por vaga no G-4. Encara o Atlético-MG, do técnico Celso Roth, no próximo domingo, às 19h30min, no Mineirão.

Fonte: CLICESPORTES

sábado, 14 de novembro de 2009

INTER CONTURBADO EM CAMPO, E NOS VESTIÁRIOS?


Desde o início do 2º turno do brasileiro, o Internacional perdeu o rumo na competição, além da escassa chance de conquistar o título, a vaga a libertadores também está ameaçada. Com a saída do técnico Tite, eleito o maior responsável pela maioria dos torcedores pela queda de rendimento, o Inter não dá mostras de que com Mário Sérgio, possa recuperar a confiança e salvar o ano de 2009, pelo menos analisando os últimos resultados.


Mesmo com o novo técnico, o vestiário colorado parece conturbado. Segundo um jornal da capital gaúcha, dois importantes jogadores trocaram xingamentos nos treinos de ontem e, por pouco, a discussão não acabou em briga.

O Inter parece um barril de pólvora, entre interesses pessoais e falta de comprometimento, está a torcida e a instituição Sport Club Internacional: dependente destes mesmos profissionais. O mais provável é que em 2010, o vestiário alvi-rubro tenha uma limpa.

Por enquanto, resta torcer para que nesses últimos jogos, o colorado consiga trazer bons resultados e consequentemente a vaga no G4.

O planejamento para 2010 passa fundamentalmente pela participação ou não do Internacional na Copa Libertadores.

TIME CONTRA O SANTOS

Tudo indica que Mário Sérgio optará pelo 4-4-2, com cada jogador atuando na sua função, sem invenções. Assim, Eller deve perder a posição e a zaga terá Índio e Bolívar. Nas laterais Kléber e Daniel. No meio Sandro e Guiñazu combatendo, ficando as funções de criação para D'alessandro e Giuliano, no ataque, Marquinhos faz dupla com Alecsandro.

Fonte: www.scinternacional.net

sábado, 7 de novembro de 2009

DELEGAÇÃO DO INTER JÁ SE CONCENTRA EM BARUERI


Time fará o reconhecimento do gramado na manhã deste sábado

A delegação do Inter chegou a Barueri por volta das 22h15min desta sexta-feira. O time está concentrado para encarar o time paulista às 18h30min de domingo, pelo Brasileirão.

O técnico Mário Sérgio conta com 18 jogadores à disposição. De acordo com o repórter Felipe Gamba, da Rádio Gaúcha, o Inter deverá atuar no 3-5-2.

A tendência é de que o time atue com Lauro; Bolívar, Índio e Fabiano Eller; Daniel, Sandro, Guiñazu, Giuliano e Kleber; Taison (Marquinhos) e Alecsandro.

O Inter treina na manhã deste sábado na Arena Barueri.

Sorondo, Bolaños e Cordeiro não viajaram a Barueri.

 


Mário Sérgio convocou 18 jogadores para jogo de domingo

O Inter vai a Barueri sem uma "reserva técnica". Apenas 18 jogadores foram convocados pelo técnico Mário Sérgio para a partida de domingo, contra o anfitrião Barueri – preenchendo o time titular e o banco de suplentes precisamente.

Ficam de fora o zagueiro Sorondo, o meia-atacante Bolaños, e o lateral-esquerdo Marcelo Cordeiro. A delegação parte ainda nesta noite de sexta-feira, e treina no sábado pela manhã na Arena Barueri.

O confronto está marcado para as 18h30min de domingo. Confiram a lista de jogadores convocados:

Goleiros: Lauro e Michel Alves.
Laterais: Kleber e Daniel.
Zagueiros: Fabiano Eller, Índio, Bolívar e Danny Morais.
Volantes: Guiñazu, Sandro e Glaydson.
Meias: Giuliano e Andrezinho ( foto ).
Atacantes: Alecsandro, Alan Kardec, Marquinhos, Taison e Edu.

Fonte: CLICESPORTES E RÁDIO GAÚCHA

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

JOGADORES FAZEM "PACTO" POR 5 VITÓRIAS...



Durante o treino fechado nesta quintaa, Mário Sérgio fez uma reunião com os jogadores. De acordo com Fabiano Eller, o objetivo principal da conversa foi buscar foco para a reta final do Brasileirão para conquistar cinco vitórias.


"A única coisa que posso dizer é que o objetivo da reunião é focar nas últimas partidas. De repente cinco vitórias pode nos levar ao título, como talvez não seja suficiente nem para vaga na Libertadores. Por isso, o foco tem que ser só em vitórias".

Contra o Barueri, Eller disse que o clube paulista perde sem o atacante Val Baiano. O jogador foi afastado do grupo por causa da polêmica da mala branca. "Claro que o Barueri perde sem o Val Baiano, que é um grande jogador. É ruim enfrentar jogadores em boa fase. Mas também é verdade que aqueles que entram jogam com vontade, querendo mostrar serviço".

A semana colorada: Mário Sérgio mantém mistério sobre time

Mário Sérgio fechou os portões do Beira-Rio na quarta, quando comandou o primeiro coletivo para a partida contra o Barueri. Mais três treinos serão realizados antes do técnico definir o time. Permanece a dúvida sobre qual esquema será utilizado. D’Alessandro recebeu o terceiro cartão amarelo e terá de cumprir suspensão. Em compensação, Giuliano volta.

Sandro é dúvida, foi poupado do treino. A provável escalação do Inter, no sistema 4-4-2, tem: Lauro; Daniel, Bolívar, Índio e Fabiano Eller; Sandro, Guiñazu, Giuliano e Kleber; Marquinhos e Alecsandro.

Andrezinho afirma que treinos da semana são valiosos para o grupo.

"É a oportunidade que a gente tem de corrigir falhas e aprimorar os pontos fortes", avalia.

Andrezinho também elogia o modo de trabalho do técnico Mário Sérgio.

"Como ele foi jogador, facilita muito no diálogo com o grupo. Ele fala a nossa linguagem e sabe exatamente o que cada um pode render. As dicas dele são muito importantes nos treinos".

Fonte: http://www.scinternacional.net/

terça-feira, 3 de novembro de 2009

RESTAM 5 JOGOS PARA BUSCAR A VAGA NO G-4


Após muitas chances desperdiçadas e resultados ruins em casa, foram suficientes para torrar a paciência do torcedor. Mesmo assim, nada ainda está perdido, resta o consolo para a temporada em 2009: a chance da conquistar a vaga para libertadores 2010, apesar de ter deixado o G-4 na última rodada, o Inter ainda tem 29% de chances de ir à Copa Libertadores.


Para isso acontecer muita coisa tem que mudar: a equipe terá que fazer o que não conseguiu até então, vitórias em sequência. Outro problema é superar o Flamengo, que faz boa campanha no returno, é o quarto colocado e tem 62% de chances de disputar a principal competição sul-americana em 2010, assim como o Cruzeiro que se aproximou.

Restam 5 partidas: 3 fora de casa e 2 no Beira-Rio


08/11/2009 - DOM - (18:30) - Barueri X Internacional - (Arena Barueri, Barueri-SP)
15/11/2009 - DOM - (18:30) - Internacional X Santos - (Beira-Rio, Porto Alegre)
21/11/2009 - SAB - (00:00) - Atlético-MG X Internacional - (Mineirão, Belo Horizonte)
29/11/2009 - DOM - (16:00) - Sport X Internacional - (Ilha do Retiro, Recife)
06/12/2009 - DOM - (16:00) - Internacional X Santo André - (Beira-Rio, Porto Alegre)




Time sem vergonha: Inter medíocre perde em casa

Com mais uma atuação lamentável dos jogadores colorados, o Inter conseguiu mais uma façanha em casa, a de mesmo jogando boa parte com um homem a mais, o time alvi-rubro não jogou absolutamente nada e perdeu de 1 a 0 para um dos piores times do Brasileirão. Sem soluções ofensivas, e uma defesa que toma gol em todo jogo, a equipe repetiu o que vem sendo em todo segundo turno do brasileirão: uma vergonha.


Em 2009, o filme se repetiu todo ano, tirando os Gre-Nais e o estadual, o time colorado se mostra sem força para empatar, e nem mesmo num milagre consegue virar. Venda após venda da gestão Píffero, o colorado desde 2007 comete os mesmos erros, desmonta a equipe e não repõe com qualidade no meio da temporada, infelizmente, com os outros resultados da rodada, fica difícil até mesmo garantir uma vaga no G-4 para a libertadores.


A TORCIDA PERDEU A PACIÊNCIA

Fonte: http://www.scinternacional.net/

sábado, 31 de outubro de 2009

ALAN KARDEC SERÁ TITULAR CONTRA O BOTAFOGO


A novidade na movimentação do treino dessa sexta foi a presença de Alan Kardec como companheiro de ataque de Alecsandro. "Nossos jogadores não tem a característica de chegar dentro da área. O Alecsandro é aquele que tem mais esse tipo de comportamento. Nós vamos ter agora um jogador alto, de boa presença e que faz gol,” explicou Mário Sérgio.

Quando questionado sobre as atuações de Taison em 2009, o técnico disse haver muita diferença entre o Gauchão, momento em que o garoto teve ótimo desempenho, e o Brasileirão, que seria mais “viril” e “malicioso”.

“O Taison é um jogador que vai evoluir muito, mas nesse momento ele vai ser opção para o segundo tempo.”

Ainda há indefinição quanto ao esquema a ser utilizado, mas o time que vai a campo deve ser escalado com Lauro; Daniel, Bolívar, Índio e Fabiano Eller; Sandro, Guiñazu, Kléber e D’Alessandro; Alan Kardec e Alecsandro.

Fonte: http://www.scinternacional.net/

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

DOMINGO É DIA DE LOTAR O BEIRA-RIO




Neste próximo domingo, o colorado enfrenta o Botafogo, para continuar na briga pelo título e para permanecer no G-4. Após a derrota para o São Paulo, mesmo tendo sido superior boa parte da partida, o torcedor colorado tem esse compromisso com o clube, o jogo é as 16 hs, a previsão é de tempo bom e muito sol, algo raro em jogos do Inter na tabela do campeoanto brasileiro.

Se não ser campeão é triste, pior ainda é ficar fora da libertadores, o elenco colorado vem demonstrando vontade e pegada nos últimos jogos com o comando de Mário Sérgio, e a torcida na arquibancada certamente estará presente para ajudar o Internacional.


Edu e Guina voltam, Giuliano fora contra o Botafogo

Edu está de volta aos treinos do Inter. Na tarde de quinta, ele participou normalmente da atividade física leve, com os jogadores que atuaram contra o São Paulo. Liberado da fisioterapia, e integrado ao trabalho normal, Edu fica à disposição do técnico Mário Sérgio para o confronto de domingo, contra o Botafogo. A convocação do meia-atacante para a partida dependerá de seu desempenho nos treinos de sexta-feira e de sábado, ambos no Estádio Beira-Rio. Outro importante retorno é o de Guiñazu, que cumpriu suspensão automática e volta ao time.


Giuliano suspenso

Giuliano vai desfalcar a equipe do Inter na partida de domingo, contra o Botafogo, ele recebeu amarelo na derrota para o São Paulo, e como estava pendurado, somou o terceiro cartão, e precisa cumprir uma partida de suspensão.

Fonte: http://www.scinternacional.net/

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

INTER PERDE NO MORUMBI E DEIXA DE ASSUMIR A LIDERANÇA DO BRASILEIRO


Time gaúcho foi melhor do que o paulista, mas não conseguiu marcar


Faltou o gol. Melhor do que o São Paulo durante a maior parte dos 90 minutos, o Inter não conseguiu colocar a bola para dentro das redes. O São Paulo conseguiu, venceu por 1 a 0 e agora é o novo líder do Campeonato Brasileiro. Pelo menos até quinta-feira, quando o Palmeiras enfrenta o Goiás.

O Inter, mais uma vez, falhou na hora de assumir a liderança, como já acontecera contra o Cruzeiro. Com a derrota, o time caiu para a quarta colocação na tabela de classificação, com 52 pontos. Foi ultrapassado justamente pelo time paulista, que agora tem 55. Segue no G4, mas as chances de título diminuem.


Parecia que uma grande vitória como a da final da Libertadores de 2006 se repetiria, tamanha a superioridade do Inter no primeiro tempo. Escalado com três zagueiros, o time de Mário Sérgio soube conter o ímpeto do São Paulo e, quando tinha bola, chegava inteiro no ataque. D’Alessandro e Giuliano controlaram o meio-de-campo.

Foram três chances claras de gol no primeiro tempo, todas com D’Alessandro. Aos 17 minutos, o argentino acertou a trave em cobrança de falta. Aos 36, recebeu lindo passe de Kleber e entrou na cara do goleiro Bosco, que fez grande defesa e salvou o São Paulo. Aos 41, recebeu livre na área, mas demorou para chutar e foi desarmado.

O São Paulo não ameaçava o Inter em nenhum momento. As únicas oportunidades que tinha eram em chutes de fora da área, que não acertavam o alvo. Até que, em uma falha da defesa colorada, conseguiu abrir o placar aos 47 minutos. Hernanes cobrou escanteio da esquerda, à meia altura. A bola passou por todo mundo até encontrar Washington livre na segunda trave.

O Inter acusou o golpe e demorou a se encontrar no segundo tempo. Foram os únicos 10 minutos em que o São Paulo foi ligeiramente superior ao time gaúcho. Depois que Mário Sérgio colocou Alan Kardec no lugar de Fabiano Eller e Marquinhos no de Taison, o Inter voltou a dominar o São Paulo. A superioridade do time gaúcho era tão evidente que até os gandulas tentaram ajudar o time da casa — as bolas sumiram.

Mas o problema do primeiro tempo, a finalização, continuou. Alecsandro perdeu um gol aos 24. Giuliano cabeceou por cima do gol quatro minutos depois e Marquinhos desperdiçou a última chance aos 37, após rebote em chute de Alan Kardec. O que só fez aumentar a saudade da torcida colorada de Nilmar e diminuir as chances de título do Inter.

Fonte: http://www.clicrbs.com.br/

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

BRASILEIRÃO: INTER ENCARA JOGO DECISIVO CONTRA O SÃO PAULO NO MORUMBI

Inter e São Paulo fazem mais uma edição do clássico entre as duas equipe mais vencedoras do século no país. Os únicos times do Brasil a conquistar a Copa Libertadores na década – e que protagonizaram a decisão da competição em 2006 – disputam um jogo que dará ao vencedor a liderança provisória do Brasileirão. Um empate mantém o Inter entre os quatro melhores do campeonato.
Para obter um bom resultado, o Inter está dando tratamento de decisão ao jogo. Tanto que viajou um dia antes para São Paulo e ficou concentrado na capital paulista desde segunda-feira. Nesta terça-feira, realizou treino fechado no CT do Palmeiras, que curiosamente fica ao lado do CT do São Paulo, que também trabalhou no mesmo horário. Apenas um muro separa os dois CTs.

Jogadores na chegada ao treino no CT do Palmeiras

O Inter terá o retorno do zagueiro Fabiano Eller, que cumpriu suspensão automática pelo terceiro cartão amarelo no clássico Gre-Nal do último domingo. Em compensação, não contará com o capitão Guiñazu, pelo mesmo motivo. O técnico Mário Sérgio afirmou que poderá atuar no 3-5-2 ou no 4-4-2. “O time atuou bem nos dois esquemas e assimilou ambos. Vou definir somente no dia da partida”, disse o técnico durante entrevista coletiva que contou com mais de 20 profissionais das imprensas gaúcha e paulista no CT palmeirense.

O atacante Alecsandro, artilheiro da equipe no Brasileirão com 15 gols, e o zagueiro Fabiano Eller, um dos remanescentes da conquista da Libertadores 2006 ao lado de Índio e Bolívar, foram os mais procurados pelos jornalistas. “Queremos a liderança na última rodada, mas se conseguirmos agora será um prêmio para este grupo”, disse Alecsandro. “O nosso time está chegando”, projetou Fabiano Eller.

O Inter ocupa a terceira colocação do campeonato com 52 pontos, mesmo número que o São Paulo, mas está na frente por ter mais vitórias. O líder Palmeiras tem 54 e o Atlético-MG, 53. Os dois só jogam na quinta-feira, o que garante ao vencedor de Inter x São Paulo a liderança provisória.

Mário Sérgio conversa com D'Alessandro no treino em São Paulo

A expectativa é de um grande público no Morumbi. A direção do time paulista colocou à venda mais de 53 mil ingressos, número recorde na competição. A torcida colorada também estará em bom número, empurrando a equipe do técnico Mário Sérgio.

O Inter irá retornar a Porto Alegre na tarde de quinta-feira com chegada prevista para 14h30min. Em seguida já ruma para o Beira-Rio onde começa o trabalho para o confronto diante do Botafogo, no domingo, 16h, no Beira-Rio.

Por Alexandre Corrêa (texto) e

Alexandre Lops (fotos)
De São Paulo

Fonte: http://www.internacional.com.br/

terça-feira, 27 de outubro de 2009

EM CLIMA DE FINAL

CONCENTRADOS PARA O JOGO CONTRA O SÃO PAULO

Confira os convocados pelo treinador Mário Sérgio para a decisão contra o São Paulo, no Morumbi. A novidade fica por conta do jovem atacante Alan Kardec, que pela 1° vez vai integrar o elenco do Inter em uma concentração. No total foram 20 atletas convocados pelo treinador. A viagem ocorre às 19h50m desta segunda-feira.


Zagueiros: Índio, Danny Morais, Sorondo, Bolívar e Fabiano Eller.
Laterais: Daniel e Kléber.
Volantes: Glaydson, Sandro e Élton
Meias: Giuliano, Andrezinho e D'Alessandro.
Atacantes: Alecsandro, Taison, Marquinhos, Bolaños e Alan Kardec

Fonte: http://www.scinternacional.net/

Inter chega a São Paulo para jogo decisivo



Time gaúcho enfrenta time de mesmo nome quarta-feira, no Morumbi

O Inter já está na capital paulista para o jogo de quarta-feira contra o São Paulo, no Morumbi, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro. A delegação foi recebida no aeroporto por cerca de 10 torcedores colorados em busca de autógrafos e fotos. Depois de atender os fãs, os jogadores foram um hotel próximo ao Parque Ibirapuera, onde ficarão concentrados.

A viagem até a capital paulista não teve atrasos, mas contou com turbulência principalmente na região próxima ao pouso, o que interrompeu o serviço de bordo por um bom tempo. São Paulo recebeu o Inter com tempo instável e trovoadas. A tendência é que o tempo melhore na hora do da partida.

O jogo contra o tricolor paulista é considerado decisivo pela direção colorada. Inter e São Paulo somam 52 pontos e estão em terceiro e quarto na tabela lugares, respectivamente. Uma vitória deixaria o time gaúcho na liderança do campeonato pelo menos até a quinta-feira, quando o líder Palmeiras e o vice-líder Atlético-MG entram em campo.

Nesta terça-feira, o técnico Mário Sérgio comanda um treinamento com os portões fechados no CT do Palmeiras. Dos 20 jogadores relacionados pelo técnico, a novidade é a presença do atacante Alan Kardec. A tendência é que o técnico mantenha o esquema 4-4-2 utilizado no Gre-Nal de domingo.

Fonte: http://www.clicrbs.com.br/

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

INTER FAZ 1 X 0 E VENCE greNAL 378 NO BEIRA-RIO


Meia D'Alessandro garantiu o resultado na falha do goleiro Victor


E o dono da casa levou a melhor no Gre-Nal 378 neste domingo, no Beira-Rio. O Inter do técnico Mário Sérgio soma pontos para a franca perseguição ao líder Palmeiras ao vencer o Grêmio por 1 a 0. O resultado foi definido no início, com D'Alessandro marcando numa infelicidade do goleiro Victor. Agora o Inter vai para 52 pontos, junto com o São Paulo, mas ocupa a terceira posição. A liderança do Brasileirão é do Palmeiras, que tem 54 pontos, seguido do Atlético-MG, com 53.

Já o Grêmio cai na tabela. Estaciona nos 44 pontos e agora aparece na oitava posição e vendo de longe o G-4 – a distância para o quarto colocado é de oito pontos.

Com a bola rolando, não deu nem tempo para os jogadores começarem a suar a camiseta. Com 3 minutos de bola rolando, o Inter abriu o placar. D'Alessandro recebeu pelo meio, com liberdade, mas com Réver pela frente. Ele teve tempo de ajeitar para o pé esquerdo e bater à meia-altura antes da chegada do zagueiro gremista. A bola foi com endereço certo, e ainda contou com a infelicidade do goleiro Victor. O quique da bola na risca da pequena área traiu o camisa 1 e foi para o gol. Seria esse um primeiro indício que Victor não estava em um bom dia.

Na tentativa de tirar a desvantagem, o Grêmio buscou as subidas pela esquerda, justamente no setor do lateral-direito Daniel. Apesar das investidas combinadas de Lúcio e Douglas Costa, nenhuma surtiu resultado efetivo. Pelo meio, a equipe de Mário Sérgio bloqueava os espaços, deixando o adversário sem alternativas e saindo rápido para o contra-ataque, explorando as bolas enfiadas para Taison e Alecsandro.

Aos 20 minutos, outro lance preocupante de Victor. Em uma bola recuada, o goleiro não consegue o domínio e a bola sai em escanteio num lance bisonho. Autuori ainda teve que fazer uma mudança no sistema defensivo por lesão. Leo sentiu a musculatura da coxa direita e foi substituído por Rafael Marques no fim da etapa inicial.

Para o segundo tempo, Autuori mexeu no time. Sacou Douglas Costa, que fazia uma boa apresentação, com investidas pelos flancos, para a entrada do atacante Herrera. Mário Sérgio manteve o time para o retorno do vestiário. Mas realizou duas alterações. Tirou o autor do gol que garantiu a vitória, D'Alessandro, e Taison. Entraram Andrezinho e Marquinhos, que acabaram dando um novo gás para o ataque colorado. Mas o ritmo arrefeceu para os 45 minutos finais.

O Grêmio teve uma boa oportunidade de igualar aos 12 minutos. Herrera, que mais se irritou em campo do que jogou, fez boa jogada pela direita e cruzou na área. Souza cabeceou forte, mas sobre a meta. O goleiro Lauro não teve problemas na etapa complementar, mal sujou as luvas. Depois, de Souza para Herrera aos 22, também pela direita. Cruzamento rasteiro e o argentino erra em bola na finalização dentro da área.

Já Victor teve trabalho. Primeiro um susto. Na bola alçada para a área por Andrezinho, o zagueiro Índio, especialista em deixar sua marca em clássicos, dominou e bateu forte. Mas estufou a rede pelo lado de fora. O segundo lance, de maior perigo, foi numa bola enfiada por Marquinhos. O garoto deixou Alecsandro cara a cara com o goleiro gremista. Victor saiu nos pés do atacante para evitar o segundo gol colorado.

No fim do jogo, expulsão. Descontrolado com uma jogada de efeito de Andrezinho, Rafael Marques deu o tranco no adversário, deixando o braço no corpo do jogador e recebeu cartão vermelho do árbitro Wilson Luiz Seneme.

Fonte: http://www.clicrbs.com.br/
          Juliano Schüler - clicEsportes

sábado, 24 de outubro de 2009

INTER SE CONCENTRA SEM ALAN KARDEC


Após o treino leve, sem compromisso técnico ou tático, realizado pelos jogadores do Internacional na tarde desta sexta-feira, o técnico Mário Sérgio liberou a relação com os 19 convocados para o Gre-Nal do próximo domingo, às 16h, no Beira-Rio.


Além de Edu e Danilo Silva, que estão no Departamento Médico, e Fabiano Eller, que cumpre suspensão, as ausências mais sentidas ficam por conta de Marcelo Cordeiro, que apesar de reserva era nome constante entre os concentrados, e Alan Kardec, que depois de servir à Seleção Brasileira Sub-20 poderia vestir pela primeira vez a camisa colorada.

- Confira abaixo a lista completa:

Goleiros – Lauro e Michel Alves
Laterais/alas – Daniel , Kléber e Marcelo Cordeiro
Zagueiros – Índio, Bolívar, Sorondo e Danny Morais
Volantes – Sandro, Guiñazu, Glaydson e Élton
Meias – D’Alessandro, Andrezinho e Giuliano
Atacantes – Alecsandro, Taison e Marquinhos e Bolaños







sexta-feira, 23 de outubro de 2009

INGRESSOS SE ESGOTAM E greNAL TERÁ BEIRA-RIO LOTADO


O Beira-Rio estará lotado no domingo, para o clássico Gre-Nal de nº 378 da história. Os ingressos destinados à torcida do Internacional já esgotaram enquanto dos 3 mil disponibilizados ao Grêmio, restavam pouco mais de mil no final da tarde desta quinta-feira, com o que o próprio clube já conta como preenchido seu espaço no estádio do rival.


"Colocamos os ingressos à venda para os sócios do clube e se sobrarem nesta sexta-feira serão depois disponibilizados para a torcida em geral", avisou o vice-presidente de administração gremista, Luiz Moreira, sem acreditar muito que haverá alguma sobra.

No lado do Inter, segundo informou o diretor der administração Décio Hartmann, os 12 mil ingressos que estavam para venda já foram comercializados. Entretanto, avisou ele, "estamos disponibilizando pela primeira vez, via Internet, uma ferramenta que pode resultar em acesso a mais torcedores". Segundo a novidade, os associados que têm lugar sempre garantido no estádio - e que muitas vezes não comparecem -, estão orientados a participar do "Projeto Sócio Presente", através do qual o clube está recebendo comunicações, avisando se irão ou não ao jogo. Para concorrer a esses ingressos, sócios de uma outra categoria, denominada "contribuinte" - aquela que não garante acesso a todos os jogos - têm até a noite desta sexta-feira para se inscreverem na lista de espera criada pelo clube.

A previsão e de que serão 50 mil torcedores no estádio, para o Gre-Nal marcado para as 16 horas do domingo. Caso isso se confirme, será o maior público em Porto Alegre neste Brasieirão. O Inter, que joga em casa, está em 3º lugar e poderá pular para a vice-liderança, ficando a dois pontos do líder Palmeiras, se vencer. Enquanto isso o Grêmio sonha é em se aproximar do G-4, do qual está distante cinco pontos no momento.

Fonte: Do UOL Esporte
          Em Porto Alegre

terça-feira, 20 de outubro de 2009

MAIS UM VACILO



O Inter cedeu o empate para o Fluminense domingo no Maracanã no finalzinho do jogo, aos 41 minutos da etapa final, empatando a partida em 2 a 2. Foi mais um vacilo do time Colorado, que se conseguisse essa vitória ficaria à apenas 3 pontos do líder Palmeiras na 2ª colocação, como não conseguiu o Inter permanece em 3º lugar com 49 pontos à 5 do Palmeiras e com o 5º colocado na sua cola com apenas 1 ponto atrás que é o Flamengo. O Flamengo que vem de uma arrancada surpreendente e não perde à 9 partidas no campeonato, tendo vencido São Paulo e Palmeiras nas duas últimas rodadas. Agora o Inter enfrenta o Grêmio no próximo domingo no Gigante da Beira-Rio, sem o zagueiro Fabiano Eller que levou o 3º cartão amarelo e está suspenso.


Em um campeonato tão dinâmico, onde os líderes tropeçam rodada à rodada, fica difícil prever o que vai acontecer com esse time do Inter, que sinceramente hoje para mim, tanto poder ser o grande Campeão como também pode descambar de vez e ficar pelo meio da tabela perdendo sua vaga no G-4 e um lugar na Libertadores 2010. É claro que eu espero que isso não aconteça, e que quando o Inter venha enfrentar o Sport em Recife, na penúltima rodada do campeonato, o time Colorado ainda esteja brigando pelo título, já que estarei lá na Ilha do Retiro levando meu apoio e minha paixão ao Inter.

O Inter não pode mais vacilar, se realmente quiser fechar o ano do centenário com chave de ouro conquistando o Tetracampeonato Brasileiro, serão 8 decisões, 4 no Beira-Rio e 4 fora de casa, mas para isso o time colorado precisa parar de tomar tantos gols temos a 4ª pior defesa do campeonato com 38 gols sofridos e pior ainda temos uma média de 36,53 passes errados cometidos por jogo, somos o 2º nesse critério negativo.

Já perdemos 14 pontos dentro de casa em 4 empates e duas derrotas. Nos critérios positivos só somos 1º em Assistências e temos o 2º melhor ataque da competição com 53 gols marcados sendo 15 de Alecsandro um dos artilheiros do campeonato. Por isso é torcer muito para que o Inter volte a melhorar de rendimento e que não cometa novos vacilos, já que o campeonato vai se afunilando e as chances de ser Campeão vão diminuindo cada vez mais. Abaixo os 8 jogos que restam para o Inter:



DENTRO DE CASA - FORA DE CASA

Grêmio                         São Paulo

Botafogo                      Barueri

Santos                         Atlético MG

Santo André                Sport Recife